STalk Show – A Maior entrevista com o Rei Pervetido

Hoje a entrevista é extensa. Se prepare!

Hoje eu converso com Vitz, dono do blog Vitz: Hentai King! Vitz, dê um oizinho para a galera que lê o blog e que lerá essa entrevista – mesmo que não seja muita gente.. – e fale sobre seu blog e o que faz nele.

[Nota do editor: A entrevista ficou tão grande que as minhas falas foram negritadas.]

Vitz: Um olá para todos os que acompanham o Philosophy Otaku e o meu blogzinho de quinta!

Meu blog é um espaço meu, um lugar que escolhi para postar o que gosto e o que faço. Como eu sou o típico cara random que pode falar de qualquer coisa que vem a cabeça e por na internet o conteúdo acaba que por ficar meio aleatório (até demais algumas vezes).

Atualmente, para evitar excesso de conteúdo kibado em meu blog, eu tenho procurado fazer pelo menos 80% do conteúdo que é postado. Eu acho que quanto mais conteúdo próprio, melhor. Das coisas que eu faço: motivacionais, vídeos, remixes… Qualquer coisa que não esteja com a tag “Aleatoriedades” em meu blog é conteúdo que de alguma maneira foi feito pela minha pessoa. Uso essa tag em específico pra diferenciar mesmo. Só optei por postar conteúdo kibado porque nem sempre dá pra eu fazer tudo o que tem no blog.

Como não é nada fácil manter um blog sozinho e conseguir manter um nível de qualidade equilibrado com o número de postagens, deixo bem claro em uma das páginas do meu blog (acho que é a “Sobre” que é acessível na pare superior do layout atual) que meu compromisso é de uma postagem mínima por semana. Claro que evito ao máximo ficar preso à postagem mínima, mas nem sempre dá pra fazer isso.

É. Acho que é isso que eu tenho pra falar. xD

Pelo menos posta uma vez por semana, o que é suficiente já que estamos aprendendo a ser sustentáveis temos que postar uma vez por semana para economizar postagens e memória dos servidores da web, é como o PO faz.

Me tira uma dúvida. Qual seria o significado do título de seu blog? Quer dizer, pelo que me parece as postagens atualmente não tem haver com o título ou com a temática toda (olha quem falando isso).

Vitz: Interessante e conveniente pergunta para se fazer em uma entrevista com a minha pessoa. Não é a primeira vez que me perguntam isso, então tentarei explicar tudo envolvendo isso da melhor maneira possível. Se prepare, a prosa vai ser LONGA.

Vamos por partes:

Sabe o sistema de classificação americano usado nos games, o Entertainment Software Rating Board (ESRB)? Não parece muito relacionado, mas na verdade tem coisa a ver. Quando o game possui uma tendência a abordar um tema “muito adulto”, existe uma tendência ao jogo em questão receber duas classificações, uma delas permite que um público maior seja atingido (a M17+, ‘Mature’) sem ter que passar por uma fiscalização maior por causa da idade (não ter que checar documentos e etc) e a outra (AO, ‘Adults Only’), como o próprio nome sugere, é o famoso “proibido para menores de 18 anos” que necessita de uma fiscalização maior para se vender (em termos LEGAIS, é claro) e por isso a grande maioria dos desenvolvedores EVITA chegar muito próximo jogos que potendcialmente receberiam este tipo de fiscalização. Essa classificação faz com que lojistas e vendedores percam dinheiro, pois adiciona uma burocracia no momento da venda dos produtos.

Na internet as coisas funcionam quase da mesma maneira, só que sem a fiscalização do estado. Esta fiscalização é substituída por outras formas de “censura”. Às vezes sob a forma do próprio senso crítico do usuário (que é bem questionável, mas, acredite, funciona muitas vezes), às vezes por inciativas que os próprios servidores que você citou tomam de fiscalizar o conteúdo. De alguma maneira, se um cara quer postar seu trabalho e adiciona pornografia no conteúdo, ele gera problemas com o feedback que ele vai receber, pois se ele não for reduzido por uma página pedindo confirmação de idade dizendo que o conteúdo da página é pornográfico ou simplesmente NSFW (dá uma googlada nesse termo quem não souber o que é, ele será muito útil na sua vida de internauta) ele receberá um feedback porco, com gente falando apenas besteira (isso quando não rola um comentário preconceituoso ou barraco nos comentários), como normalmente se vê em sites de pornografia.

Muita dor de cabeça pra um blogueiro como eu que só quer mostrar o que gosta, pensa e faz né? Certamente. Considerando tudo isso, acabo que não fazendo tanto tanto jus assim a suposta proposta (rimou LOL) do meu blog, não é? Mais ou menos.

No meu blog eu não posto nada… pornograficamente explícito, por assim dizer. Na verdade é como eu digo em minha página “Sobre”: prefiro manter um padrão de postagens e layout que não ultrapassem o sugestivo, estourando mulheres seminuas e olhe lá (como a censura é burra, microbiquinis são bem vindos, HEHEHEHEHE)… Tudo pra não reduzir demais a quantidade de pessoas que visitam o meu blog…

Apesar de não postar o tal conteúdo pornográfico de maneira explícita, referências ao mesmo estão em todos os cantos do meu blog. Do layout da página com imagens que pervertidas em todo canto (sendo que algumas eu realmente peguei de hentais) a algumas postagens que me reservo no direito de postar uma coisa sugestivamente pervertida, como alguns motivacionais bem notórios que eu faço e, por exemplo, o vídeo do Akuma que postei já a algum tempo, que tratava de um tema EXTREMAMENTE recorrente em hentais e material pornográfico em geral: Estupro. O que é que o “pobre” Akuma do Street Fighter tem a ver com isso? Você sabe o que acontece com infeliz oponente do demônio quando a tela apaga (ou fica branca em alguns games da franquia) e aqueles hits aparecem? Eu não sei ao certo também, mas isso dá margem a muitas interpretações e uma das mais comuns é de que ele faz um estupro anal em seus adversários quando as luzes se apagam. No Street Fighter IV em especial, com o grito que o oponente dá quando recebe o ataque supremo do Akuma, parece que o ser humano tomou no brioco violentamente e NÃO sobreviveu pra contar a história! Sempre tento manter as postagens com conteúdo desse tipo pra evitar comentários como o seu. xP

Quanto ao título usado no blog, ele é meu nickname (nick ou apelido) em alguns lugares na internet, em especial na fórum do fansub Kanshin (sim, aquele que tem umas legendas com efeitos legais e tal, mas que demora pra caramba pra lançar episódios novos de digimon), onde passei uma grande parte da minha vida e onde a ideia do nick surgiu, porém não o fator determinante para tal.

Tanto na internet como na vida real (nesse caso não com todo mundo por motivos óbvios) eu sempre admiti para as pessoas que eu sou um baita de um pervertido. Na Kanshin isso nunca foi uma coisa que eu escondi também. Num lindo dia de visitação ao fórum onde toda essa brincadeira começou eu resolvi mudar o nick, primeiramente, para Vitz, seguindo o incentivo de um amigo de lá que sempre me chamava de Vits (sim, com s), só que resolvi colocar um “z” pois eu achava que combinava mais comigo e eu acho que o z soa mais cool. Um detalhe interessante: Vitz é o nome dado para um dos carros da Toyota (esse é de passeio, mas é até bonitinho, e se chama Yaris aqui no ocidente) e também marca de um biscoito, ambos lá no Japão! Posteriormente a ideia do subnick “Hentai King” veio à cabeça como uma dessas coisas que você tem na cabeça do nada, sabe? No momento em que passei a usar o subnick eu não tirei mais ele e, como se não bastasse, grudou como chiclete! Logo a coisa sairia do blog da Kanshin e viraria título do blog que aqui falamos agora.

Agora para finalizar essa resposta gigantesca: O termo “Hentai” aplicado ao meu nick e, consequentemente, ao nome do meu blog não se refere a forma arte pornográfica que conhecemos, se refere a minha perversão e apenas a ela, visto que o termo pode significar tanto “pervertido” como “perversão” e vai ser escrito da mesma maneira (pelo menos na grafia romanizada do japonês).

Nossa, eu me prolonguei demais. Vou fazer questão de ler a entrevista, espero que minhas respostas estejam na íntegra. Caso contrário foi bom te conhecer. Não se preocupe, eu TE ACHO. =D -qqqqqqqqqnnnnnnnnnn

Pronto, acabou a entrevista! Ate semana que vem!

Brincadeira. Acho que essa resposta conseguiu ser maior que 99% das postagens aqui do blog!
Você é muito talentoso escrevendo, não acha que está se auto-desvalorizando postando tirinhas e postagens curtas ao invés de enriquecer a blogsfera otaku com artigos nos moldes do que você acabou de escrever nessa entrevista? (ou é só preguiça mesmo) Responda isso em no máximo dos parágrafos por favor.

Vitz: Exagerado! Não tem como essa resposta ser maior! XD

Eu só escrevi isso tudo porque queria deixar tudo bem claro e explicado (e algo me diz que eu não fui tão bem fazendo isso, mas ok…). Quando eu acho que as coisas devem ser corretamente explicadas, eu paro, penso no que vou escrever e fico lá, escrevendo o que passou na minha cabeça, adicionando o que for necessário, caso eu perceba na hora em que estiver escrevendo.

Escrever é uma coisa bem trabalhosa, pelo menos quando se tem muito o que falar sobre determinado assunto. E como eu não sou lá muito ágil escrevendo, acabo que passando muito tempo fazendo isso. Sério, chega a ser ridículo! Esse texto que você leu aí eu levei praticamente 2 ou 3 horas escrevendo! Eu considero isso muito tempo gasto, sendo que poderia fazer outras coisas e tal, eu não vivo só por causa do blog, não é mesmo?

Fora que eu tenho muitas ideias para serem colocadas em prática (nem todas eu tenho coragem para colocar em prática, pra ser franco) aí fica meio complicado passar tanto tempo escrevendo, principalmente se você considerar que o foco do meu trabalho com o blog não é necessariamente texto escrito. Eu pretendo ser game designer (principalmente), animador e quadrinista (esses dois nas horas vagas), não escritor, quero praticar as coisas que serão necessárias para eu virar isso tudo. Não estou dizendo que escrita é desnecessário para a criação dentro dessar áreas, mas nem de perto é tão importante quanto desenvolver minhas habilidades com desenho (essa eu tenho falhado miseravelmente em desenvolver, quer saber o porquê? Pode perguntar), edição de imagem/vídeo e outras coisas mais! Pelo menos é o que eu acho. Edito e remixo música porque acho que música tem um papel importante na criação de games e animações (e porque eu gosto também, óbvio), mas infelizmente eu não sei compor música, então acabo fazendo o que eu consigo!

E é claro, nem preciso dizer que a preguiça é um dos motivos né? Mas considere que eu tenho preguiça para fazer tudo dentro do blog, mas eu acabo procrastinando postando aquilo que, no momento, tenho menos preguiça pra fazer! Acaba funcionando!!! Essa é a grande sacada de fazer mais de uma coisa em um blog! Por mais preguiça que você sinta, sempre você terá algo para ser postado lá! uaHAUAHAuahAUHAUH XD

Só não digo que não posto muitos textos em meu blog pelo fato dos brasileiros detestarem ler porque eu descobri em dois anos de blog que, não importando o que eu faça, as pessoas não gostam! E se gostam sentem muita dificuldade em expressar isso com palavras, pois praticamente não recebo comentários que não seja de amigos ou parentes que convidei a postarem comentários!Assim como o Philosophy Otaku (segundo a Pss, falei mesmo! uaHUAhaUahuahaU)! Oh shit… Vou receber pedradas por ter falado isso… Se bem que pedradas são coisas bem comuns em minha vida nos últimos anos fazendo parte do “grupo do processo criativo”, então já estou até acostumado…Enfim, acho que não tem auto-desvalorização nenhuma! De vez em quando eu escrevo uns textos lá em meu blog, mas isso não acontece com muita frequência pelos motivos falados anteriormente. Tenho trabalhado um pouco mais a questão do texto com os remixes que tenho postado atualmente, pois acho necessário eu dar uma explicação sobre o processo de criação deles, nem que seja uma coisa de dois ou 3 parágrafos.

Como você avalia a blogsfera otaku atual? Acha que tem que mudar algo ou está bom assim desse jeito?

Vitz: Conheço muito pouco sobre a mesma. Visitando uns poucos blogs otakus aqui e ali aí não sei se minha opinião seria lá tão válida assim ou não.Tudo o que tenho a dizer, na verdade é algo presente na blogsfera brasileira como um todo, em especial os blogs mais famosos: Muito conteúdo kibado ou desnecessariamente polêmico, não necessariamente tendo a ver com o contexto do blog ou sequer com a ideia principal do próprio autor. Nem é necessário dizer que tudo o que estes querem é atenção, isso quando não se trata de grana mesmo, pois se pode ganhar dinheiro com blogs e, a depender do quão famoso o blog é, dá pra ganhar quantia considerável.
Não citarei nomes e nem preciso, todo mundo com um pouco de bom senso e conhecimento sobre a blogsfera sabe muito bem quais blogs possuem essas características que eu citei.

Pra quem não sabe o que é kibar, uma pesquisada no google ajuda. Nos primeiros links já dá pra sacar do que se trata.

Até que enfim uma resposta curta. Então, qual é o anime/mangá da sua vida? Tem algum ou alguns preferidos? Ou você nem gosta de animes e se limita a hentais.

Vitz: Acho que nem tem como eu me limitar apenas a hentais. É como se eu gostasse de cinema e me limitasse a filmes pornôs. Simplesmente não faz muito sentido, visto que existe uma variedade muito grande pra se ver e esses dois não representam nem a metade do que é um anime/mangá ou um filme.

Eu diria que o anime da minha vida foi Saint Seiya, mais conhecido por Cavaleiros do Zodíaco. Não porque o anime é bom, coisa que, na verdade, é altamente questionável e eu até falo hoje em dia que é um anime com uma história ruim, mas pela importância que este teve tanto na minha vida (foi o primeiro anime que assisti, com 4 anos de idade, na Rede Machete) e sua importância para o cenário dos animês no Brasil. Cavaleiros do Zodíaco foi um dos trampolins para um aumento de animes passando na televisão brasileira e isso poucos que viveram os anos 90 podem negar. E acho que tornou a brincadeira de vestir os bonecos menos estereotipadamente feminina também (LOL), visto que muitos de nós tivemos bonecos dos cavaleiros que mais gostávamos quando eramos crianças. Na época eu gostava do Hyoga, por causa da relação meio possessiva que ele tinha com sua mãe, parecida com a minha quando eu era criança. Não tinha como eu não me identificar com ele! AUHAuahaUH

O mangá da minha vida foi Rurouni Kenshin, Samurai X para os que viram na TV como eu. Na época em que li não tinha muitos mangás circulando no Brasil e RK foi o primeiro que parei para ler de fato (juntamente com Sakura), mesmo tendo CDZ circulando nas bancas. Samurai X, assim como Cavaleiros do Zodíaco, também marcou época. Não da mesma forma, mas marcou sim, pois foi um dos trampolins para alavancar o mercado de mangás no Brasil e também o grande motivo da JBC continuar publicando mangás hoje. Sinto falta da época em que podia comprar meio tankohon por R$2,90… Quero meus mangás a preço de banana de volta!! Me lembro de ter quebrado muitas réguas e ferido alguns colegas (com elas) na minha época de quinta série inspirado por esse mangá! Mas relaxem, ninguém se machucou gravemente, no máximo ficou meses com uma cicatriz em forma de cruz (assim como o Kenshin, só que bem superficial e mal feito) na cara, mas nem fui eu quem fez isso, foram os meus colegas que resolveram “tatuar” o amigo usando uma regua quebrada… e ele se voluntariou a fazer isso!!!

Animes/mangás preferidos? Vou apenas listar os nomes. Se eu parar pra falar de todos eles vou me prolongar mais do que eu posso. Não se surpreenda se os nomes repetirem. Em alguns casos eu gosto de ambos.

Animes:
– Cowboy Bebop

– Samurai Champloo
– Higashi no Eden
– Boogiepop Phantom
– Tengen Toppa Gurren Lagann
– Evangelion
– Code Geass
– Gundam Wing
– Panty & Stocking with Garterbelt (procure por “garterbelt” no google e tudo fará mais sentido LOL)
– Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan (esse anime me fez cuspir minhas tripas fora de tanto dar risada)
– Agent Aika
– Ikkitousen (só a primeira e segunda temporadas, o resto é piada)
– Akira
– School Days
– Saber Marionette J (e o J to X também)
– Sakura Card Captors
– Digimon Adventure (o 02 também)
– Digimon Tamers
– Those Who Hunt Elves (Caçadores de elfas para alguns)
– Lupin III
– Chobits
– Higurashi no Naku Koro ni (e Umineko também)
– Taimanin Asagi (apesar de extremamente tenso, a história de pano de fundo é até interessante, o traço é excelente chega a ser melhor que muitos animes existentes no mercado)
– Kangoku Senkan (idem ao de cima, até porque foi feito pela mesma empresa, a abertura é melhor que a de muitos animes)
– Night Shift Nurses (idem aos dois, se assistidos todos os episódios e sem a censura aplicada para tirar as cenas tensas, o desenho não chega a ser tão bom mas dá pro gasto)
– Darling (um dos hentais mais divertidos e engraçados que já assisti xD)E esses são os animes que eu consigo lembrar como meus favoritos. Tem muuuuito mais que isso…Agora vamos aos mangás:
– Tenjou Tenge
– Rurouni Kenshin
– Adolf ni Tsuguru (publicado no Brasil pela Conrad apenas como Adolf)
– Naruto (apesar dos altos e baixos posso dizer que é um dos meus favoritos sim)
– One Piece (idem ao de cima)
– Akira
– Sakura Card Captors
– School Days (o final do mangá é simplesmente FODA <3)
– Beelzebub (gosto de como esse mangá me diverte mais que a maioria dos shonens)
– Death Note
– Hokuto no Ken (o pai de muitos conceitos abordados em shonens, uma leitura obrigatória, fora que é divertido de ler, mesmo com os prós e contras)
– Cavaleiros do Zodíaco (pelo menos no mangá as coisas tendem a fazer um pouco mais de sentido e os personagens não são tão toscos quanto no anime…)
– Blade – Lâmina do Imortal (Mugen no Juunin, no Japão)
– Pocket Monsters Special (Conhecido como Pokemon Adventures, no ocidente. Muito melhor que o anime em TODOS os sentidos).

E esses são os que eu consegui lembrar até agora. Tem bem mais que isso. E lembrem-se: Gosto não se discute! Se você não gosta de um desses, favor não perder seu tempo discutindo comigo! Não é muito inteligente e você provavelmente tem coisas muito melhores para fazer em sua vida!
Próxima pergunta.

E como vai a sua vida amorosa? Brincadeira. Você é nosso parceiro, como funciona seu sistema de parcerias? Você aceita blogs decadentes também ou qualquer tipo de conteúdo?

Vitz: Sei que você brincou, mas vou responder do mesmo jeito: Estou sozinho, mas, por enquanto, é melhor desse jeito.Meu sistema de parceria tem algumas limitações, mas, considerando a situação em que meu blog se encontra, não posso ser rigoroso demais. Peço o que sempre pedem: Não postar pornografia de maneira explícita (simplesmente não aceito sites de pornografia, pra quem não entendeu direito), ter pelo menos 3 semanas de vida e mantiver uma atividade, sendo que o delay máximo estipulado é de 2 meses, passando dessa tolerância o blog perde parceria.

Tá “tudo isso” no blog. Não entendo, porque você me perguntou isso nessa entrevista. É pros preguiçosos, é? Eles não vão chegar nem perto dessa entrevista. Não aguentam clicar em um link aqui e ali duvido que leiam minhas respostas extensivas…

Falamos de parceria, agora vamos falar de comentários. Porque você acha que os leitores não comentam muito? Quer dizer, é falta de incentivo do autor ou eles não gostam de gastar dedos digitando? É claro que estou em referindo a blogs menores, como o meu e o seu.

Vitz: Eu não sabia que você era adepto da mamilagem. Não lembro de você ter perguntado isso ao Bebop! UAHAuaHAhAcho que temos que nos perguntar porque nós não comentamos em blogs. Uma série de respostas virão e estas vão nos ajudar a incentivar mais pessoas a comentarem em nossos blogs. Uma delas é a mais óbvia e a que resume todas as outras respostas: “Eu não comento em blogs porque o conteúdo deles não me interessa”. Isso significa que nosso público simplesmente não se interessa pelo nosso trabalho.

Infelizmente nós não podemos agradar a todos com aquilo que fazemos, mas não podemos perder as esperanças naquilo que fazemos. Por pior que seja, sempre terá pessoas que irão gostar do nosso trabalho. O que o ser humano é capaz de gostar vai além do que nossa pobre compreensão pode alcançar (LOL).

A melhor solução que existe para o problema dos comentários que eu encontrei é manter uma interação maior com os parceiros dos nossos blogs (mais ou menos como você está fazendo ao entrevistar), ou pelo menos com os parceiros de maior importância (no meu caso com o Victor da SGamers), investir o máximo que pode em divulgação nas redes sociais (não precisa investir dinheiro se não puder), principalmente no facebook e dar às pessoas uma opção ágil de comentários como, por exemplo, comentários pelo facebook, twitter, etc.Das 3 coisas que falei, só não faço a última porque, visto que as pessoas não comentam em meu blog, não acho que valha a pena o esforço em procurar um sistema de comentários mais ágil. Vai passar a valer quando eu começar a ter uma média 10 comentários por postagem.

Enfim, eu acho que é só isso. Próxima pergunta, por favor.

Vamos agora a aquela bate-bola. Eu digo uma palavra e você diz a primeira coisa que vem a sua mente. Preparado?

Vitz: Vamo lá! gogogogogogo

mamilos
Vitz: tetas
dublagem
Vitz: Pode ser boa ou ruim. Depende da capacidade da equipe envolvida.
censura
Vitz: Coisa de pau no cu. auhaAUHAuh
vitz
Vitz: Hentai King.
leitores
Vitz: Pessoas que possuem uma estranha dificuldade em expressar o que pensam na maioria das vezes.

Bem, é isso. Ficamos por aqui. Dê seu recado final, divulgue seu blog, faça o que quiser!

Vitz: Bom, eu gostaria de começar agradecendo pela oportunidade que você me deu para ficar aqui falando besteira e expondo minha opinião para você ter o que postar em seu blog. Essa é minha primeira entrevista. LOLSe vocês gostaram das babaquices que viram nessa entrevista e estão afim de ver outras, sintam-se em casa no blog do rei dos pervertidos! Lá tem conteúdo de sobra pra vocês ficarem navegando e vendo besteira, aproveitem enquanto eu ainda tenho saco pra manter essa joça!

E quero mandar um abraço pro pessoal do PO. Mesmo eu não mantendo lá tanto contato com eles, gostaria de dizer que eles são gente boa e que tomara que eles se deem bem na vida e o PO também!

É só o que eu tenho a dizer. Gostou, gostou. Não gostou, vai se fuder! *Yao Ming Face*

Anúncios
Deixe um comentário

11 Comentários

  1. Essas imagens tão um pouco grande demais. Redimensiona isso daí, por favor…

    Responder
  2. Porra Vitz tô praticamente um staker seu, li esta entrevista completa morrendo de sono as 4 da madruga… Enfim gostei da mesma Mas, muita coisa dai eu já sabia via forms (melhor rede social em decadência no mundo atual). xD

    Responder
  3. Essa é a parte mais difícil do comentário...

     /  agosto 24, 2012

    Eu acho que a unica dificuldade do leitor (nozes) encontra pra comenta, é que as vezes não quer vir aqui e falar só “ótimo”, “legal”, “bacanal” (quero dizer, bacana…).
    Pelo menos é assim comigo, ou apenas é só mesmo “dificuldade em expressar o que pensam”
    Vai saber, *Yao Ming Face*
    Ah e pra encerrar, Bacanal a entrevista (Quero dizer, bacana…)

    Responder
    • Sawada Law

       /  agosto 24, 2012

      Agora que você falou, faz sentido. E se você observar é uma coisa que outra pessoa poderia já ter dito, mas não disse por que? Aí entramos em uma outra questão dentro dessa questão. Ou seja, Inception.

      Responder
      • Ainda é a pior parte...

         /  agosto 25, 2012

        ๏_๏
        Verdade.
        Nem vou me prolongar, por que se eu começa a pensar sobre essa “Inception” meu cérebro vai dar Tilt… xD

    • É bem por aí também.

      Mas as vezes até um comentário bobo desses consegue deixar a gente feliz, pois pelo menos a gente passa a saber que alguém gostou do que a gente fez!

      Responder
  4. Comigo e diferente, minha mania de auto-negaçao e medo (irracional) de censura ( auto-sensura/ego/orgulho/ ” a meu deus sera que pareci burro?”)( parenteses dentro de parenteses adoro isso! XDDD)) (demais ne? (XD)) e tambem a ideia de que eu possa estar sendo desmotivador para o cara que postou de alguma maneira, tipo, nem sempre as pessoas conseguem encarar comentarios na moral, principalmente quando se tem poucos coments, emtao eu fico naquela, comento indiscrinadamente, ou nao falo falsidade, sinceramente eu nao tenho o menor problema em descascar um blogger, mas dai desmotivalo e coisa que nao se fais, cada um gosta do que gosta, se vou ser doloso demais fico quieto…….

    Responder
  1. 【20120822】VITZに関するツイートまとめtwitterまとめ(ツイート・動画・リンク集)-TwiDo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: